Missa da Unidade Diocesana e dos Santos Óleos – entenda a origem e o significado desta celebração

12/04/2022 . Notícias da Diocese

Origem no século VII
A Missa Crismal, também conhecida como a Missa dos Santos Óleos ou Missa da Unidade, começou a ser formatada como nós conhecemos, atualmente, por volta do século VII. “Na liturgia romana, na Quinta-feira Santa, esse dia era especialmente reservado para celebração e reconciliação dos penitentes, finalizando assim o tempo da quaresma e iniciando nesta quinta-feira, sobretudo, na missa vespertina, o tríduo pascal”.

Ao longo deste século VII, conforme o Sacramentário Gelaziano, ocorreu uma mudança substancial nesta forma, passando a ser celebradas três missas, na Quinta-feira Santa: uma pela manhã, bem cedo, que era destinada à reconciliação dos penitentes; outra ao meio-dia, onde nesta missa se consagrava o óleo da crisma e também se abençoavam os óleos dos catecúmenos e dos enfermos; e uma última depois ao entardecer ou início da noite, a missa que fazia memória da Ceia do Senhor. Já no século X, no Pontifical Romano Germânico, não aparece mais a missa da manhã cedo, apenas a missa do meio dia, Missa Crismal, e depois a missa da Ceia do Senhor, no início da noite.

Significado e expressão de unidade


Essa missa tem um significado muito profundo, porque nela encerrando o tempo da Quaresma e, sobretudo, quando durante a Vigília Pascal, no Sábado Santo, era feito comumente a celebração de batismo dos catecúmenos. Então, se necessitava usar também os óleos consagrados e o óleo dos catecúmenos, e sobretudo, do Crisma. Essa missa reunia toda a diocese, o bispo e o seu presbitério, para que todos unidos na unção do Espírito Santo, a Igreja que recebeu essa unção do próprio Senhor, celebrar, então, essa unidade eclesial em volta do bispo. E também sinaliza assim, como para recordar sempre a Igreja, que a origem de todos os sete sacramentos têm essa origem pascal na Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor. É uma missa que convida a todos expressarem essa unidade, essa comunhão, essa sinodalidade, de ser Igreja realmente corresponsável, coparticipativa, enfrentando sempre os desafios dos tempos atuais. Acolhendo e, sobretudo, sendo missionários.

Renovação das promessas sacerdotais


É um momento de renovação das promessas sacerdotais, também. É uma missa que nos faz recordar todo o compromisso que nós assumimos, porque nessa celebração também, novamente, renova as promessas de ordenação sacerdotal, seja também em referência a isso, porque o presbítero, o ministério ordenado está sempre a serviço do ministério real, do ministério sacerdotal de todo povo santo de Deus.

Por fim, a missa é muito significativa para todos. É necessária para continuar conduzindo a nossa vida como Igreja, como diocese sempre na unção que vem Deus e a força do Espírito Santo que nos impulsiona sempre na missão.

A Missa da Unidade Diocesana e Bênção dos Santos Óleos terá transmissão ao vivo pelo canal do Youtube  da Diocese de Caratinga (https://www.youtube.com/watch?v=p3mi6lS8nWE)  para que todos, independentemente da localidade, possam participar e compartilhar de um dos momentos mais simbólicos do Calendário Litúrgico.

Cúria Diocesana

Praça Cesário Alvim, 156 - Centro Caratinga (MG) - Cep: 35.300-036

Contatos

(33) 3321-4600 Telefone e WhatsApp chancelaria@diocesecaratinga.org.br

Funcionamento

Segunda-feira a Sexta-feira 08h às 11h e 13h às 17h