Dedicação do Altar e a benção do ambão

21/12/2021 . Notícias da Diocese

Aconteceu no último domingo, 19 de dezembro de 2021, na matriz da Paróquia São Sebastião, em Orizânia, Minas Gerais, a Santa Missa do 4º Domingo do Advento, missa esta que conteve a dedicação do Altar e a Benção do Ambão.

A Santa Missa Pontifical, com os ritos de dedicação do altar e benção do ambão foi presidida por Sua Excelência Reverendíssima Dom Emanuel Messias de Oliveira, bispo diocesano de Caratinga/MG e concelebrada pelos Reverendíssimos Senhores Presbíteros: Pe. Christian Moreira Coelho de Oliveira, pároco, Pe. Agrimaldo José Teixeira e pelo Pe. Washington Vieira, CR. A referida celebração ainda contou com a assistência do Revmo Diácono Permanente Lautair Lopes Fernandes.

Antes da Liturgia da Palavra, como prevê o rito, o sr. Bispo abençoou o novo ambão, recordando aos presentes que a busca da palavra de Deus deve ser algo diário em nossa vida cristã. Terminada a homilia, deu-se início ao rito de dedicação do altar.

O rito de dedicação do altar iniciou-se com a invocação dos Santos, através do cântico da Ladainha de Todos os Santos. Após o cântico, foi sepultado no altar a relíquia de São Cisto II, papa e mártir da Igreja.

Em seguida, após a oração de dedicação e consagração, o bispo ungiu o altar com o Santo Óleo do Crisma, e ainda, o incensou, e terminando o rito, houve o revestimento e iluminação do altar.

Destaca-se o altar, que para a Igreja representa o próprio Cristo.

Em hebraico, a palavra altar significa “lugar de matança”. Em grego, significa “lugar de sacrifício”. Em latim, vem de altare, de altus, que significa “plataforma elevada”. Por isso, desde a remota antiguidade, um altar é um lugar elevado ou pedra consagrada, que servia para a celebração de ritos religiosos dirigidos à divindade.

Jesus é o altar. Sendo já o sacerdote e a vítima, faltava o altar, sempre necessário para consolidar o sacrifício. O altar evoca, pois, a mesa sobre a qual Jesus antecipou seu sacrifício, oferecendo-se no altar da cruz.

Após o rito da comunhão, foi lida a ata pelo chanceler, Pe. Agrimaldo José, a qual constará nos arquivos da Cúria Diocesana e no Livro de Tombos da Paróquia São Sebastião.

Por parte da comunidade paroquial, foi apresentado ao sr. Bispo e aos presentes um histórico administrativo e pastoral da caminhada da paróquia sob a direção do pároco, Pe. Christian.

Ao final, palavras de agradecimento do pároco local à comunidade e ao bispo.

Após a benção final, foi descerrada uma placa onde se encontra o registro deste dia memorável a Paróquia São Sebastião de Orizânia.

 

Colaboração – Aldair Gustavo

 

Cúria Diocesana

Praça Cesário Alvim, 156 - Centro Caratinga (MG) - Cep: 35.300-036

Contatos

(33) 3321-4600 Telefone e WhatsApp chancelaria@diocesedecaratinga.com.br

Funcionamento

Segunda-feira a Sexta-feira 08h às 11h e 13h às 17h